Interaja com a gente!

Descascando | Vitória Bordon – Redatora

Já que o nosso time é repleto de colírios e como vovó sempre diz que “o que é bonito é pra se mostrar”, trazemos pra você, com exclusividade e prioridade na fila do pão nosso de cada dia, o projetinho mais “Caprichoso” da firma: o Descascando!
Em uma mistura do “De frente com Gabi” com revistinhas adolescentes dos anos 90, utilizando frutas da estação puxadas por chamadas sensacionalistas, essa série de matérias vai es-can-ca-rar a vida pessoal, amorosa e talvez profissional desta equipe de trabalho.
Hoje descascamos uma fruta que não é originária daqui. De longe, olhando só pra casca, parece um pouco estranha… Mas quando a gente se aproxima e experimenta, meu bem, percebemos como é doce! Se você teimou e chutou Graviola, acertou… em parte, porque hoje é dia de falar de um filhotinho que, tal como a fruta, veio importada pra teimar muito aqui na firma: Vitória Borrrrrr(ênfase no R paulista)rrrrrrdon!
Então vamos começar logo a descascar essa menina pra você conhecer melhor esse filhotinho que conhece os melhores funks, sarra no ar como ninguém e ainda dá conta de escrever textos que nos enchem de orgulho. Com a palavra: Gravitória!

preliminares: dois beijinhos pra começar

Nome ou apelidinho carinhoso
Vitória (não a cidade porque sou de Americana)

Idade (sem mentir)
21 primaveras

Defina seu mapa astral
Sol em Libra, Lua em Sagitário, Vênus em Escorpião e um ascendente que varia de Peixes pra Áries (depende se estou bem alimentada ou não)

Número da sorte
sou de humanas

Quem é você numa paleta de cores?
Alguma cor entre azul, roxo, vermelho e as vezes verde, amarelo e laranja.

CANUDO, CERTIFICADO E/OU TUTORIAL DA INTERNET

Quem é você no Atitude?
A redatora com sotaque carregado e que fala errado de propósito até todo mundo errar as palavras também.

Já frequentou alguma sala de aula com objetivos profissionais?
Menina, diz que sim viu (mas depende)

E o que você aprendeu? Conte-nos uma experiência prática.
(Não quero ouvir aquele discursinho que você diria pra mamãe.)
Que o sistema de educação tradicional é um saco e que o professor nem sempre sabe de tudo. E tá tudo bem 🙂

Cite três momentos em que podemos te usar:
(Profissionalmente, claro. Brincadeira, rs. Não, é sério!?)
Pra escrever umas coisas legais, ter ideais nem tão possíveis e pra ficar horas filosofando sobre a vida e sobre as pessoas (nessas horas, por exemplo, meu ascendente é Peixes)

E três momentos em que não podemos te usar:
(Tipo, de jeito nenhum, sai de mim, não te quero, me solta. Não é você, sou eu.)
Quando eu tô com sono, com fome e pra falar sobre macho (aqui meu ascendente é Áries)

você por Você

Ela sendo ela…
E quem é você?

Comida, não comida, mal ou bem comida?
Muito bem alimentada e com direito a sobremesa.

Comente:
As vezes eu pulo a refeição e fico só com a sobremesa mesmo.

Qual musiquinha chiclete você diz que não gosta, mas quando tá sozinhx dança e canta na frente do espelho rebolando o bumbum?
Aquele sertanejo sofrido daquela mulher que eu nunca lembro o nome

Complete “Vai malandra…”:
Malandra é você!

Segundo um pensador contemporâneo anônimo não identificado “Mente vazia é oficina do…”. O que você faz nas horas vagas para não cair na tentação?
(Se é que a gente te dá algum tempo livre…)
Que horas vagas?

Fofoca é bom e todo mundo gosta. Pra encerrar, fala aqui no pézinho do ouvido aquele segredinho caliente, que você não contou nem pra sua própria sombra:
As vezes eu me esforço MUITO pra tentar adivinhar o que meu cachorro tá pensando.

FIM
Grato, Vitória.
 Assim como a Betty, você chegou de São Paulo pra fazer nossos dias mais alegres. <3

Rafael Santos

Sobre Rafael Santos

Rafael Santos has created 2 entries.